LIVRE
O curso tem como objetivo apresentar alguns dos ritmos do país de Ghana (África) do povo Ashanti e Ewe para o conhecimento, apreciação e prática instrumental dos toques do Kaptsa, Sikyi e Gahu com foco na percussão. A musicalidade percussiva africana demarca uma forte influência na rítmica da música brasileira e, desta forma, é de fundamental importância conhecer as estruturas rítmicas constituintes dessa música. Além disso, as execuções dos toques citados acima apresentam-se a partir de saberes pautados no uso da corporalidade, movimento, dança e oralidade. Desta forma, cada ritmo acompanha a contação de um contexto histórico-cultural sobre onde e como se realizam, aprofundando o aprendizado musical através da relação corpo e tambores no fazer prático. Abordaremos também as contribuições rítmicas ao universo da música brasileira como destaque na música percussiva.

Carga-horária: 8 horas-aula

Modalidade: Online

Professora: Catherine Furtado (CE)

Currículo da professora: Percussionista. Baterista e Professora do curso de Música da Universidade Federal do Ceará – UFC. Doutora e Mestra na área de Educação Musical. Possui prática artística e docente através da Percussão em grupo – o Batuque – integrada com os saberes da cultura afro, afro-brasileira, indígena e nordestina através da vivência da oralidade, corporalidade e improviso. Regente e Coordenadora do projeto de extensão da UFC: Grupo de Música Percussiva Acadêmicos da Casa Caiada. Fundadora do Grupo Percussivo Ilè Anu. Regeu o Maracatu Solar e diversos outros grupos da cultura popular em Fortaleza. Estudou com Guibolonyo K. (Gana), Guarnieri (AR), Bolão (RJ), Mônica Millet (SA), Clarissa Borba (RGS), Luizinho Duarte (CE) e Mestre Descartes Gadelha (CE). Lecionou em Oficinas para: UNAM (México) e Rio Pandeiro (RJ). Possui Pesquisas na área de Educação Musical e Etnomusicologia com publicações sobre o Maracatu Cearense, Práticas percussivas em coletivo e Regência de Batuque.  Gravação do DVD para shows do Maracatu Solar, Gravação de CDs com o Guitarrista Djalma Barbosa, Regente e Diretora artística de 05 espetáculos percussivos do Grupo Casa Caiada. Uma das autoras do livro recém lançado no Rio de Janeiro e em Fortaleza " No Solar dos ritmos: maracatu cearenses", no atual ano de 2023.
    • Bem Vindo ao FIMI 00:02:00

Realização

Validar Certificado EAD

© Copyright 2024 Casa de Vovó Dedé. Todos os Direitos Reservados.

2024